X

O que é o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital)?

Por - 7 de janeiro de 2019
SPED

O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) veio para simplificar um dos principais problemas do Brasil: a burocracia.

Ela é um dos grandes entraves do Brasil. São tantos documentos e tantas exigências que qualquer pessoa física se perde em meio à papelada. Com relação às empresas não é diferente. Até então, a apresentação de relatórios, documentos, formulários, arquivos, taxas, guias e todo tipo de informação ao Governo era dificultada. O SPED foi criado exatamente para diminuir o fluxo de documentos, concentrar em uma única base de dados todas as informações e permitir uma fiscalização mais aprimorada e dirigida, uma vez que os dados ficam à disposição do Fisco para as avaliações. Nesse post, vamos apresentá-lo de forma mais detalhada. Continue lendo!

O que é e para que serve o SPED?

O Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) é uma plataforma acessada via internet, em que se encaminham as informações jurídicas para a Receita Federal. Este sistema recebe, valida, armazena e autentica os livros e documentos vinculados à escrituração contábil e fiscal das pessoas jurídicas. Dessa forma, as informações fiscais e contábeis seguem dentro de um mesmo padrão digital, utilizando a tecnologia como canal de comunicação entre contribuinte e Governo. Ao facilitar os processos burocráticos das empresas, é também uma excelente ferramenta para a averiguação dos dados e de grande contribuição para a fiscalização na busca de inconsistências e informações incompletas.

Quais são os tipos de SPED

Automatizando diversos processos para as empresas, o SPED é dividido em alguns módulos, cobrindo várias áreas:

– Escrituração Fiscal Digital (EFD);

– Escrituração Contábil Digital (ECD);

– Escrituração Contábil Fiscal (ECF);

– Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e);

– E-Financeira;

-ESocial;

– Nota Fiscal Eletrônica (NF-e);

– Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e);

– Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e).

Cada módulo possui suas particularidades e objetivos, devendo ser seguido à risca as instruções apresentadas no próprio sistema.

Que cuidados devem ser tomados

Muitas empresas ainda estão acostumadas aos tempos em que o grande objetivo do envio de documentos ao Governo era passar informações e depois resolver os possíveis problemas, caso ocorressem. Com o SPED, o simples ato de passar a informação pode trazer graves problemas para o empreendimento, uma vez que as consistências são realizadas de maneira muito rápida e com grande precisão. Por isso, é necessário todo o cuidado com os dados a serem transmitidos no sistema, uma vez que os cruzamentos de informações são verificados. O que significa dizer que se sua empresa comprou X do fornecedor Y, obrigatoriamente os dados do SPED enviados pelo fornecedor Y terão que registrar que houve uma venda de X para você. Pode parecer assustador, mas o Governo sabe exatamente o que sua empresa possui no estoque, o quanto vendeu e o quanto comprou. Portanto, sabe antecipadamente o quanto de tributo sua empresa deverá pagar por toda a movimentação gerada.

Como a contabilidade pode ajudar

Os trabalhos realizados pelo escritório de contabilidade, a partir da criação do SPED, obrigaram mudanças drásticas na operação dos processos burocráticos. A confiança, que sempre deveria existir entre as partes, passou a ser uma necessidade básica para que o processo corra na mais perfeita normalidade e dentro da legislação vigente. O contador passou a ser corresponsável pelas informações repassadas ao Governo, o que o obriga a exigir de seus clientes o mínimo de organização nas informações. Nunca a área contábil foi tão importante para uma empresa como nos dias atuais, uma vez que todas as informações e dados gerados pelo negócio obrigatoriamente precisam passar pelo crivo dos profissionais desta área. Também é importante destacar que o contador é o profissional capacitado a analisar os números e apresentar a seus clientes a verdadeira situação do seu negócio. O profissionalismo, treinamento e a busca pela gestão de qualidade, é uma exigência que agora passa de uma opção para o sucesso do empreendimento a uma realidade e necessidade fundamental no que se refere às informações ao Governo. Logo, a importância do bom relacionamento entre empreendedor e escritório de contabilidade é vital. Muito mais do que transmitir informações ao Governo, o contador contribui com a gestão e com as decisões importantes do seu negócio. Agora que você já viu a importância de contratar uma contabilidade competente para tratar dos dados e informações da sua empresa, deixe que a Express Contabilidade cuide das suas obrigações fiscais com segurança e responsabilidade. Agende agora mesmo uma reunião conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *